Deivison Viana

Graduando em Gestão de t.i

Cursando Analise de Dados (Google)

Desenvolvedor Web

Deivison Viana

Graduando em Gestão de t.i

Cursando Analise de Dados (Google)

Desenvolvedor Web

Artigo

Ministério da Defesa inicia maior exercício cibernético do hemisfério sul nesta terça:

27 de agosto de 2022 Tecnologia
Ministério da Defesa inicia maior exercício cibernético do hemisfério sul nesta terça:

A 4ª edição do Guardião Cibernético é organizado pelo ComDCiber (Comando de Defesa Cibernética) com a simulação de incidentes, colaboração entre Forças Armadas, órgãos públicos, participantes civis e representantes de infraestruturas críticas dos setores de água, energia, nuclear, telecomunicações e transportes.

O exercício termina nesta sexta, dia 19.

Kryptus

Uma das 11 empresas ou organizações certificadas pelo ComDCiber para dar apoio ao Guardião Cibernético 2022 é a multinacional brasileira Kryptus Segurança da Informação, que é credenciada pelo Ministério da Defesa como Empresa Estratégica de Defesa e que já havia participado do exercício em 2021.

O CEO da Kryptus, Roberto Alves Gallo Filho, também é membro da Comissão de Transparência Eleitoral do TSE. O currículo de Roberto Gallo no Linkedin informa que ele participou do desenvolvimento da arquitetura de segurança de hardware das urnas eletrônicas brasileiras.

O “Projeto de Nação” foi lançado em maio, em Brasília, com presenças do vice-presidente Hamilton Mourão e do Secretário-Geral do Ministério da Defesa, Sergio José Pereira.

O Instituto Sagres tem como figura de proa o general da reserva Luiz Eduardo Rocha Paiva. No último 9 de julho, o general Paulo Sergio Nogueira, entre um outro ataques que tem feito às urnas eletrônicas, repercutiu por um aplicativo de mensagens um artigo do general Rocha Paiva intitulado “Lula presidente: ruína moral da nação e das instituições”.

Write a comment